Milhares fogem após assassinatos de líderes indígenas na Colômbia
BR

12 abril 2006

Uma porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, informou que mais de mil pessoas na Colômbia fugiram de suas casas após o assassinato de dois líderes da comunidade indígena Wounaan, no noroeste do país.

Os dois líderes indígenas foram seqüestrados e assassinados por homens armados, na semana passada. Uma das vítimas, um professor que foi levado da sala de aula, tinha sinais de tortura pelo corpo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud