Unesco pede tolerância ao Iraque após atentados a mesquitas
BR

12 abril 2006

O diretor-geral da Unesco, Koichïro Matsuura (foto), pediu a líderes iraquianos que promovam tolerância e diálogo no país.

Matsuura lançou o apelo após uma série de ataques a mesquitas e lugares de culto, que deixaram dezenas de mortos nas últimas semanas.

O diretor-geral da Unesco mencionou ainda o último atentado à esquita xiita Baratha em Bagdá, na sexta-feira, que matou quase 100 fiéis e deixou cerca de 160 feridos.

Na semana passada, a Unesco pediu o fim da violência contra acadêmicos iraquianos. Desde a invasão liderada pelos Estados Unidos em 2003, cerca de 180 intelectuais iraquianos foram assassinados no país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud