Últimas notícias

Nagasaki “emergiu para se tornar um farol para a paz e compreensão mundial”, após bomba atômica

Cerimônia de Paz  junta pessoas de todo o mundo na cidade japonesa; secretário-geral destaca papel de jovens como força suprema da mudança para assegurar futuro comum da humanidade.

ONU pede “máxima contenção” após tumultos em Jammu e Caxemira

Secretário-geral está preocupado com “excesso de relatos sobre restrições” no lado indiano; nota alerta sobre possível agravamento da situação dos direitos humanos na região cuja administração é reclamada pela Índia e pelo Paquistão.

Américas registram 2,9 mil casos de sarampo neste ano
BR

Opas recomenda vacinação de viajantes internacionais; Brasil é o segundo país na região que apresentou maior número de casos no período avaliado.

Bachelet preocupada com possível impacto de novas sanções dos EUA impostas à Venezuela
BR

Para chefe de Direitos Humanos da ONU “sanções são extremamente amplas e não contêm medidas suficientes para mitigar seu impacto sobre setores mais vulneráveis ​​da população”; receio é de que áreas como saúde e alimentação sejam afetadas.

Agências humanitárias lamentam “colapso” de trégua que ameaça vida de milhões de sírios
BR

Nova onda de violência ameaça civis na área de Idlib, no noroeste do país; mais de 500 pessoas morreram e centenas ficaram feridas desde o início dos combates no final de abril.

Nova cobertura de seguro ajudará comunidades afetadas por secas na África
BR

PMA anuncia compra de apólices contra riscos climáticos que devem proteger até 1,3 milhão de pessoas na África Ocidental; cinco países serão beneficiados pela iniciativa.

Insegurança alimentar afeta cerca de 5,5 milhões de pessoas das áreas rurais de Zimbábue
BR

Mais de 3 milhões de pessoas deverão precisar de ajuda humanitária urgente entre outubro e dezembro de 2019; chefe do PMA diz que é preciso aumentar rapidamente esforços “para atender necessidades alimentares urgentes dos mais afetados pela crise econômica e pela seca.”  

Mais de 100 mil pessoas foram detidas, sequestradas ou desapareceram na Síria
BR

Mais de 50 mil fotos podem ser a evidência de tortura e maus-tratos; grande parte das detenções teriam sido feitas pelo governo sírio; abusos hediondos teriam sido cometidos pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, e por extremistas Hay.

Comitê da ONU quer investigação sobre desaparecimentos forçados no México
BR

Especialistas em direitos humanos da ONU* dizem que país deve fazer investigação completa, rigorosa, imparcial, independente e efetiva sobre circunstâncias dos desaparecimentos forçados em Veracruz em 2010.

Escritório de Direitos Humanos da ONU documenta uma série de ataques no Iêmen
BR

Ações tiveram impacto sobre os civis em todo o país, inclusive em Aden, Taiz, Sanaa, Sadaa, Al Dhale e outras áreas; grupos armados afiliados à al-Qaeda e ao Isil também teriam intensificado suas atividades no país.