Últimas notícias

Bachelet pede ao Parlamento de El Salvador que não restaure anistia a graves violações dos direitos humanos
BR

Alta comissária alerta que projeto de lei beneficiaria responsáveis por crimes de guerra e contra a humanidade durante conflito armado.

Quase 23 mil civis foram mortos ou feridos em conflitos em apenas seis países

Número foi avançado por António Guterres durante debate do Conselho de Segurança sobre proteção de civis; secretário-geral afirmou que 90% dos mortos e feridos são civis quando armas são usadas em áreas com moradores. 

Reino Unido tem 14 milhões de pessoas vivendo na pobreza
BR

Relator de direitos humanos fala que “resultados da experiência de austeridade são cristalinos”; especialista considera difícil ver as mudanças recentes como mais do que um disfarce para minimizar consequências políticas dessas medidas.*

Mulheres presidem um quarto das empresas do Brasil
BR

Estudo da OIT mostra que 71% das empresas inquiridas tiveram mais lucros graças ao reforço do número de mulheres; apenas 16,4% tem conselho de administração com representação de género equilibrada.

Em Dia Internacional da Diversidade Biológica, ONU pede urgência para proteger o planeta
BR

Lema da data este ano é “Nossa biodiversidade, nossos alimentos, nossa saúde”; Guterres lembra que “ecossistemas do mundo enfrentam ameaças sem precedentes”; especialista fala da influência do Brasil nas mudanças globais.

Mulheres na liderança trazem melhor desempenho para as empresas, diz relatório 

Estudo da OIT mostra que diversidade de género pode gerar até 20% de crescimento de lucros; pesquisa abrangeu 13 mil empresas em 70 países; entre países analisados em África, Cabo Verde é o segundo com maior percentagem de mulheres em cargos de topo.

Argélia e Argentina declaradas livres da malária
BR

Doença provoca cerca de 435 mil mortes por ano; Argélia é primeira nação africana que recebe essa certificação em mais de 40 anos; Opas defende que Argentina servirá como inspiração e exemplo para as Américas.

Quarta de Empregos

Na lista de vagas do Sistema das Nações Unidas de 15 de maio, conheça algumas oportunidades de trabalho em países como Brasil, Moçambique, Timor-Leste e outros. Além de países de língua portuguesa, saiba de empregos em outros escritórios da organização. As vagas aparecem em inglês ou francês, as línguas de trabalho das Nações Unidas.

OIM: um terço dos afegãos migrou ou foi deslocado desde 2012
BR

Relatório da agência da ONU revela que 3,5 milhões de afegãos foram deslocados no país; principais razões incluem conflitos armados, violência generalizada, violações de direitos humanos ou desastres naturais durante período avaliado.

ONU: defensores dos direitos humanos enfrentam riscos extremos na Guatemala
BR

Escritório de Direitos Humanos destaca atos que incluem ataques físicos, ameaças, intimidação, vigilância, estigmatização e violências de gênero e sexual; em dois anos, 39 defensores de direitos humanos foram assassinados no país.