Mulheres

Angola na 66ª Sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher

A ministra da Ação Social, Família e Promoção da Mulher de Angola, Faustina Alves de Sousa, fala à ONU News, em Nova Iorque, sobre a necessidade de reforço de parcerias globais para o empoderamento das mulheres e a igualdade de gênero. A conversa que aborda ainda o papel da mulher na atuação durante à recuperação do impacto da crise da pandemia aconteceu às margens da 66ª Sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, CSW. Assista ao vídeo:

Cabo Verde quer mundo conectado em futuro de igualdade de género

O ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social de Cabo Verde, Fernando Elísio Freire, diz que o país defende um alinhamento de estratégias para inclusão. O representante cabo-verdiano participa na 66ª. Sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, CSW,  em Nova Iorque. Ele tem encontros agendados com o secretário-geral e  ministros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp.

Do Brasil para a COP26, indígena fala aos líderes mundiais
BR

Txai Suruí tem 24 anos e é do estado de Rondônia, região norte do Brasil. Fundadora do Movimento da Juventude Indígena do seu estado, a estudante de Direito foi um dos destaques da Conferência da ONU sobre Mudança Climática, COP26.


 

Portugal ressalta urgência de se corrigir perdas da pandemia a meninas e mulheres

A ministra de Estado e da Presidência de Portugal, Mariana Vieira da Silva, falou à ONU News após discursar em nome de seu país e da União Europeia na 65ª. Comissão sobre o Estatuto da Mulher, que ocorre em Nova Iorque; para ela, países precisam incentivar mais meninas na ciência e tecnologia, e mais mulheres na política. Acompanhe a conversa da ministra, de Lisboa, com Monica Villela Grayley, da ONU News. 

Experiência feminina orientou resposta internacional à Covid-19 em Moçambique

A coordenadora residente e chefe do Sistema das Nações Unidas em Moçambique, Myrta Kaular, disse que a resposta à Covid-19 no país teve uma atenção particular para as mulheres, que foram mais afetadas durante a crise de saúde. Esta segunda-feira, 8 de março, a ONU marca o Dia Internacional da Mulher, com o tema “Mulheres na liderança: Alcançando um futuro com igualdade num mundo de Covid-19".

Guterres diz que pandemia apagou décadas de avanços para igualdade de gênero

Em mensagem sobre Dia Internacional da Mulher, marcado esta segunda-feira, 8 de março, o secretário-geral da ONU, António Guterres, destaca a liderança de mulheres durante pandemia. Para o chefe da ONU, “é hora de construir um futuro igualitário” e “este é um trabalho de todos e para benefício de todos.”

Diretora da OMS, médica brasileira ressalta papel das agentes de saúde contra a pandemia
BR

Em entrevista, de Genebra, diretora-geral-assistente da Organização Mundial da Saúde, Mariângela Simão, lembra que mais de 70% dos trabalhadores do setor são mulheres, e que elas fazem a diferença na linha de frente do combate à Covid-19. Responsável pela área de medicamentos e vacinas da OMS, Simão parabenizou enfermeiras, médicas e outras profissionais que atuam há mais de um ano no enfrentamento do novo coronavírus. Confira outras entrevistas com mulheres líderes no especial da ONU News sobre o Dia Internacional da Mulher, marcado em 8 de março.
 

Representante do Unfpa em Moçambique fala da proteção aos afetados pelo ciclone Eloíse

O Fundo das Nações Unidas para a População, Unfpa, uniu-se aos esforços liderados pelo Governo de Moçambique para avaliar os danos causados pelo ciclone Eloise na área central do país. A representante da agência em Moçambique, Andrea Wojnar, disse à ONU News em Maputo que as mulheres não param de dar à luz e os riscos de violência baseada no gênero aumentam durante situações de emergência como conflitos e desastres.

Brasileira vencedora do prêmio da ONU sobre igualdade de gênero pede mais mulheres nas operações de paz

A comandante brasileira Carla Monteiro de Castro Araújo foi a vencedora do Prêmio Defensora Militar da Igualdade de Gênero da ONU. Ela serve na Missão de Paz na República Centro-Africana.

Especial: Cátedra da Unesco no Brasil analisa relações de gênero nas universidades

Professora Nina Ranieri coordena Cátedra Unesco de Direito à Educação, da USP. Ela conversou com Ana Paula Loureiro sobre o funcionamento das Cátedras e os temas desenvolvidos na universidade brasileira, como liberdade acadêmica e disparidade de gênero.