Assuntos da ONU

Clinton visita vítimas das cheias no Haiti (Português Brasil)

Enviado especial da ONU foi acompanhado pelo presidente do Haiti, René Preval, na visita a Gonaives; população está preocupada com o início da temporada de furações no Caribe.

Ban diz que ONU está a repensar suas missões de paz

Num discurso na Irlanda, Ban Ki-moon afirmou que as Nações Unidas são a única organização que pode estabelecer operações de paz multidimensionais.

Nações Unidas condenam testes de mísseis da Coreia do Norte
BR

Conselho de Segurança expressou preocupação com a nova série de testes realizados pela Coreia do Norte, afirmando que colocam em risco a estabilidade regional e mundial.

Ban lamenta mortes na China

Ban Ki-moon disse que disputas devem ser resolvidas de forma pacífica; segundo agências de notícias, confrontos entre manifestantes Uighurs e a polícia na região de Xinjiang, fizeram mais de 140 mortos e 800 feridos.

Mundo precisa de US$ 1 bilhão para combater A(H1N1)
BR

Ban Ki-moon disse que países em desenvolvimento são particularmente vulneráveis à epidemia; ele revelou que primeiras vacinas contra a doença estarão disponíveis em agosto.

Direitos Humanos em Mianmar preocupam ONU
BR

Secretário-Geral manifestou profunda decepção pela recusa das autoridades birmanesas ao seu pedido para se encontrar com Aung San Suu Kyi; ele visitou o país asiático neste fim de semana.

Mundo precisa de US$ 1 mil milhão para combater gripe

Ban Ki-moon disse que países em desenvolvimento são particularmente vulneráveis à pandemia da gripe A (H1N1); ele revelou que primeiras vacinas contra a doença estarão disponíveis em Agosto.

Ban pede a Honduras para proteger população
BR

Secretário-Geral lembrou que as pessoas tem o direito de reunião pacífica sem serem intimidadas; ele comentava a ocorrência de mortes após a decisão do governo hondurenho de não permitir o retorno do presidente Zelaya Rosales ao país.

Direitos Humanos em Mianmar preocupam ONU

Ban Ki-moon manifestou profunda decepção pela recusa das autoridades birmanesas ao seu pedido para se encontrar com Aung San Suu Kyi; ele visitou o país asiático este fim de semana.

Ban lamenta mortes na China
BR

Ban Ki-moon disse que disputas devem ser resolvidas de forma pacífica; segundo agências de notícias, confrontos entre manifestantes Uighurs e a polícia na região de Xinjiang, fez mais de 140 mortos e 800 feridos.