Migrantes e refugiados

Moçambique: crise crescente em Cabo Delgado ainda sem atenção do mundo
BR

Fugindo de ataques insurgentes, cerca de 670 mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas na província de Cabo Delgado, em Moçambique, em uma crise crescente que até agora não conseguiu atrair a atenção do mundo. A Agência da ONU para os Refugiados, Acnur, está trabalhando com as autoridades para monitorar e responder às necessidades das comunidades deslocadas e anfitriãs.

Soluções duradouras para indígenas migrantes e refugiados venezuelanos no Brasil
BR

A fim de contribuir com a estruturação de soluções duradouras para indígenas venezuelanos no Brasil, a Organização Internacional para Migrações, OIM, realizou um estudo nas cidades de Boa Vista, Pacaraima e Manaus para identificar as necessidades e os anseios dessa população. Confira o relato de José Lizardo, indígena Warao, que fez parte dos indígenas entrevistados para a construção do documento.

De volta ao Brasil: Histórias de Jovens Migrantes em Portugal
BR

Em 2019, a Organização Internacional para as Migrações, OIM, criou o projeto SURE para ajudar os migrantes brasileiros em Portugal, Bélgica e Irlanda a voltar ao Brasil. Conheça Gercivaldo, Vitor e Diego, três brasileiros migrantes em Portugal que decidiram voltar para casa durante a pandemia de Covid-19.  

OIM em Moçambique fala dos desafios da ajuda humanitária aos afetados pelo ciclone Eloíse

A Organização Internacional para as Migrações, OIM, em colaboração com Governo de Moçambique, outras entidades das Nações Unidas e parceiros oferece resposta humanitária aos afetados pelo ciclone Eloíse no centro do país. A líder do grupo de saúde da OIM na Beira, Angélica Sitoe, revelou por que a situação de saúde merece primazia nas ações de auxilio.

OIM quer inclusão de migrantes na imunização contra Covid-19

Diretor-geral da Organização Internacional para Migrações, António Vitorino, fala à ONU News, de Genebra, sobre a necessidade de vacinar os migrantes como parte dos planos nacionais de imunização. Ele relembrou o apelo do secretário-geral da ONU de que “ninguém estará seguro até que todos estejam seguros”. Veja a íntegra da entrevista feita por Yasmina Guerda

Entrevista: OIM quer inclusão de migrantes na imunização contra Covid-19

Diretor-geral da Organização Internacional para Migrações, António Vitorino, fala à ONU News, de Genebra, sobre a necessidade de vacinar os migrantes como parte dos planos nacionais de imunização. Ele relembrou o apelo do secretário-geral da ONU de que “ninguém estará seguro até que todos estejam seguros”. Veja a íntegra da entrevista feita por Yasmina Guerda

Conheça o atleta olímpico refugiado que foi nomeado Embaixador da Boa Vontade do Acnur
BR

Yiech Pur Biel foi forçado a fugir do conflito no Sudão do Sul em 2005. Na época, ele tinha apenas 10 anos de idade, e viajou sozinho até o campo de refugiados de Kakuma, no Quênia. Em 2016, ele fez história nos Jogos Olímpicos do Rio ao integrar a primeira equipe olímpica de refugiados da história. Em agosto de 2020, Yiech Pur Biel foi nomeado Embaixador da Boa Vontade da Agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur. Saiba mais neste vídeo traduzido pela ONU Brasil.

70 anos da Agência da ONU para Refugiados

No dia 14 de dezembro de 2020, a Agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, completou 70 anos. O chefe da agência, Filippo Grandi, fez um apelo às lideranças mundiais: ajudar a colocar um fim aos deslocamentos forçados e à necessidade de continuar com a agência, criada em 1950 com planos de durar apenas três anos. Todos os dias o Acnur serve a pessoas refugiadas, deslocadas internas e apátridas. Conheça o trabalho da agência neste vídeo da ONU Brasil.

Vítimas de deslocamento aumentam em Cabo Delgado

Responsável de Relações Exteriores da Acnur em Moçambique, Juliana Ghazi revela que inúmeros ataques levaram mais pessoas a abandonarem as áreas de origem em Cabo Delgado, no extremo norte. Projeções apontam para o aumento de deslocados nos próximos meses.

OIM apoia Portugal a proteger migrantes durante pandemia
BR

Neste Destaque Especial, a encarregada pelo escritório da OIM em Lisboa, Sofia Cruz, diz que “é inegável todo o impacto que a pandemia está a ter na migração na mobilidade humana devido às restrições de viagem pelo mundo todo”; em entrevista à ONU News, ela destaca como a agência da ONU está apoiando a resposta em Portugal e fala sobre o que precisa mudar depois da crise de saúde.