Ajuda humanitária

Furacão Dorian nas Bahamas, drogas na Guiné-Bissau e nova chefe da Comunicação Global da ONU

Neste #DestaqueONUNews, apresentado por Daniela Gross, ONU acelera operação de auxílio para salvar vidas nas Bahamas após passagem do furacão Dorian; duas toneladas de drogas são apreendidas na Guiné-Bissau; e nova subsecretária-geral para a Comunicação Global inicia funções na ONU.

ONU descreve “grande devastação” após passagem do furacão Dorian pelas Bahamas
BR

No aquipélago, chefe humanitário quer acelerar operação de auxílio para salvar vidas; pelo menos 20 pessoas perderam a vida devido à tempestade; furacão voltou a ganhar força avançando agora com categoria 3 para a costa dos Estados Unidos.

No epicentro do surto, Guterres faz contato direto com a ação humanitária contra o ebola

Secretário-geral esteve com sobreviventes da doença em Mangina, na RD Congo; problema de liquidez de fundos para a resposta é "extremamente grave"; em Beni, chefe da ONU assegurou que soldados de paz continuarão atuando ao lado das forças congolesas. 

Apoio pós-ciclones é impulsionado com mais fundos em Moçambique

PMA e Unicef recebem US$ 4,1 milhões da Noruega para beneficiar vítimas dos ciclones Idai e Kenneth; cerca da metade do montante será aplicada no auxílio a crianças com deficiência e outra parte em ações de recuperação.*

ONU Mulheres e parceiros querem contribuir para aumentar poder económico de moçambicanas

Agência apoia nova iniciativa do Ministério do Género, Criança e Ação Social de Moçambique; Banco Africano de Desenvolvimento deve financiar estratégia com ações de impacto em áreas rurais e urbanas.

Em Moçambique, atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank participam de ação após ciclones
BR

Ator e apresentadora de televisão estiveram em regiões afetadas por desastres naturais com o Unicef; casal participou em campanha de angariação de fundos que permitiu desenvolver vários projetos humanitários.

FAO incentiva parceria com Japão para melhorar nutrição em países africanos

Futura colaboração pode ser consolidada em tecnologias inteligentes, maquinaria agrícola e marketing; chefe da agência defende apoio ao continente com a maior prevalência de desnutrição.

Crise humanitária na República Centro-Africana é a terceira maior do mundo

Quase 3 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária; Programa Mundial de Alimentação pretende mais do que dobrar seu apoio e, para isso, são necessários mais US$ 35,5 milhões até o final de 2019.

Falta de fundos leva ONU a fechar programas humanitários no Iêmen  

Maioria das campanhas de vacinação foi suspensa e distribuição de medicamentos foi interrompida; pelo menos 22 programas podem encerrar nos próximos dois meses se não houver financiamento; rações alimentares para 12 milhões de pessoas serão reduzidas e serviços essenciais cortados para milhões de crianças subnutridas.

Unicef pede US$ 70 milhões para ajudar 900 mil crianças venezuelanas

No total, cerca de 3,2 milhões de menores do país precisam de ajuda humanitária; diretora executiva da agência da ONU diz que as condições continuam a piorar em toda a Venezuela.