Ajuda humanitária

PMA pede US$ 4,7 milhões para socorrer vítimas de conflito em Moçambique  
BR

Mais de 300 mil pessoas tiveram que fugir de suas casas após intensificação da violência na província de Cabo Delgado, no norte do país; área, na fronteira com a Tanzânia, tem sido alvo de combates entre extremistas islâmicos e as forças do governo.*

ONU nomeia brasileiro para lista de 17 Jovens Líderes para Objetivos Globais
BR

Ralf Toenjes promove acesso à saúde ocular em comunidades carentes e foi escolhido entre mais de 7 mil inscritos em todo o mundo; campo de ação das iniciativas do empreendedor inclui países como Brasil, Moçambique, Haiti e Índia.

Três anos depois do início da crise, rohingya estão “mais vulneráveis ​​do que nunca” 
BR

Quase todos os refugiados dependem da assistência alimentar para sobreviver; no total, mais de 860 mil pessoas vivem nesses assentamentos em Bangladesh; Covid-19 e crise econômica estão dificultando a resposta humanitária. 

Agências da ONU destacam ação de jovens para recuperar Beirute após explosão 
BR

ONU Mulheres ressalta papel do grupo aproximando pessoas e despertando propósito e responsabilidade cívica; Unicef quer investir para aumentar capacidades do grupo para apoiar reconstrução no contexto da pandemia

Especial: Inspirados em Vieira de Mello voluntários distribuem ajuda humanitária no Rio de Janeiro  
BR

Grupo, liderado por sobrinho do ex-chefe da Missão da ONU, morto em Bagdá em 2003, já entregou 25 mil refeições na cidade brasileira desde o início da pandemia; André Simões conta que a cada contato com os beneficiados, ele revive os ideais do ex-funcionário das Nações Unidas.*

Dia Mundial Humanitário homenageia “heróis anônimos da resposta à pandemia”
BR

Secretário-geral destaca que Covid-19 aumentou necessidades no setor; ONU aponta 2020 como ano sem precedentes em relação à sobrecarga de trabalhadores humanitários; ataques a funcionários da saúde provocaram 199 mortes em 2019.

Explosão no Porto de Beirute danificou pelo menos 40 mil edifícios, diz ONU
BR

Cerca de 2 mil médicos ficaram feridos ou tiveram seus locais de trabalho afetados pela tragédia; grande parte da infraestrutura da capital do Líbano foi atingida; missão da ONU doou material de busca e resgate.

Dezenas de refugiados entre vítimas mortais de explosão em Beirute
BR

Agências da ONU atuam com governo e parceiros para prestar assistência às vítimas; famílias vulneráveis gravemente afetadas chegam a 10 mil; 37% dos centros de saúde foram atingidos; cerca de 70 escolas públicas e 50 escolas privadas foram danificadas.

ONU quer investigação confiável e transparente sobre causa da explosão no Líbano
BR

Secretário-geral aponta que muitas pessoas continuam desaparecidas quase uma semana após o incidente; informe sobre a situação no Líbano aponta “profunda sensação de perda e até descrença” entre os libaneses.

100 mil crianças tiveram casas destruídas ou danificadas na explosão em Beirute
BR

Pelo menos 17 contêineres com material médico, incluindo centenas de equipamentos para a resposta da Covid-19, foram destruídos; mais de 120 escolas que atendem cerca de 55 mil crianças sofreram danos; estragos no porto podem dificultar entrada de alimentos no país que importa  quase 85% de comida.