Ajuda humanitária

Gafanhotos do deserto podem ameaçar colheitas entre maio e junho, diz ONU 
BR

Programa Mundial de Alimentos, PMA, alertou para densas nuvens recentes no leste da África: Quênia, Etiópia e Somália são os países mais afetados. 

ONU se prepara para impactos do novo coronavírus em operações humanitárias
BR

Pandemia já chegou a mais de 140 países, alguns em crise humanitária devido a conflitos, desastres naturais e mudanças climáticas; mais de 100 milhões de pessoas contam com o apoio das agências humanitárias das Nações Unidas.

Um ano após ciclone Idai, milhões de pessoas ainda precisam de ajuda em Moçambique 
BR

Desastre natural aconteceu entre 14 e 15 de março de 2019; 2,5 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária devido aos ciclones, secas e inundações que afetaram o país.  

PMA forçado a reduzir apoio a vítimas do ciclone Idai em Moçambique
BR

Programa Mundial para a Alimentação, PMA, cortou pela metade as rações alimentares devido à falta de fundos afetando cerca de 525 mil pessoas na província de Sofala; apoio deve ser reduzido totalmente, ainda este mês, se problema de financiamento não for resolvido; desastre faz um ano neste 15 de março.

“Está na hora de agir”, alertam agências da ONU sobre praga de gafanhotos 
BR

Comunicado destaca risco de se pagar 15 vezes mais do que seria investido agora com danos; agências humanitárias conseguiram somente 23% dos US$ 138 milhões necessários para lidar com a situação.  

ONU em Moçambique pede US$ 120 milhões para seguir assistindo vítimas dos ciclones
BR

Representante da organização e coordenadora humanitária no país, Myrta Kaulard, explicou que quantia servirá para necessidades mais urgentes; outros US$ 40 milhões devem ser aplicados para combater insegurança alimentar e seca.

Guterres espera que cessar-fogo garanta proteção de civis em Idlib, na Síria
BR

Secretário-geral quer retomada de processo político mediado pelas Nações Unidas; de acordo com agências de notícias, Rússia e Turquia devem estabelecer corredor de segurança e patrulhas conjuntas na área do noroeste da Síria.

Após visita à Síria, chefes do PMA e Unicef ressaltam urgência no fim da violência
BR

David Beasley, do Programa Mundial de Alimentos, e Henrietta Fore, do Unicef estiveram no noroeste do país incluindo a cidade de Idlib, de onde fugiram, desde dezembro, quase 1 milhão de pessoas por causa dos combates; preço dos alimentos subiu 60% em 24 meses.

ONU intensifica ajuda humanitária para deslocados que fogem de confrontos no noroeste da Síria
BR

Chefe humanitário anuncia mais auxílio após acordo alcançado com autoridades da Turquia; diretores do PMA e do Unicef visitaram comunidades a 30 km da linha de frente de combates entre forças do governo e rebeldes.

ONU pede US$ 877 milhões para garantir serviços essenciais a refugiados rohingyas
BR

Mais de 1,2 milhão de pessoas que pedem abrigo e membros de comunidades bengaleses devem ser beneficiadas por novo plano humanitário; currículo escolar de Mianmar pode ser implementado para alunos rohingyas em Bangladesh.