Direitos humanos

Acnur lança estratégia para combater intolerância

Agência da ONU identificou a discriminação e a intolerância como os dois factores que mais dificultam o trabalho de proteção internacional dos refugiados, candidatos a asilo e apátridas.

Deportação forçada de Uighurs do Cambodja preocupa relator da ONU (Português África)

Manfred Nowak pediu às autoridades chinesas para tratarem esses indivíduos humanamente de acordo com padrões internacionais de justiça;

os deportados fugiram da China nos últimos meses, devido a tensões étnicas em Urumqi, capital da Região Autónoma Xinjiang Uighur, no noroeste do país.

Relator da ONU preocupado com deportações no Camboja
BR

Manfred Nowak afirmou que eles correm o risco de tortura, outras formas de maus-tratos ou ainda à pena de morte; os refugiados fugiram da China nos últimos meses, devido a tensões étnicas em Urumqi, capital da Região Autônoma Xinjiang Uighur, no noroeste do país.

Relatórios da ONU apontam violações do LRA
BR

Documentos revelam possíveis crimes de guerra e contra a humanidade cometidos pelo grupo rebelde no sul do Sudão e na República Democrática do Congo; há relatos de saques, sequestros, mutilações e estupros.

ONU pede fim dos confrontos no Nepal
BR

Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos no Nepal relatou uso de força policial excessiva contra manifestantes no primeiro dia de greve nacional; guerra civil entre o governo nepalês e maoístas durou uma década e chegou ao fim em 2006.

Migrantes continuam a ser explorados e discriminados

Em mensagem por ocasião do Dia Internacional dos Migrantes, Ban Ki-moon disse que a crise económica exacerbou a vulnerabilidade dos migrantes; 3% da população mundial, cerca de 200 milhões de pessoas, viviam em 2009 fora do país onde nasceram.

Recomeço da pena de morte no Iraque preocupa ONU
BR

Execuções haviam sido suspensas em agosto de 2007 mas foram retomadas no país no começo de 2009; só na primeira metade do ano, 324 sentenças de pena capital foram proferidas no Iraque.

Pillay diz ser contra a pena de morte em qualquer situação
BR

Alta comissária da ONU para os Direitos Humanos revelou que os Estados que querem manter a pena de morte são agora minoria; terça-feira o mundo comemora o 20º aniversário da adoção de um tratado chave que visa abolir a prática.

Atentado contra a ONU na Argélia completa 2 anos
BR

Ataque matou 17 funcionários das Nações Unidas, e feriu cerca de 40 pessoas; pelo menos 14 argelinos foram mortos no mesmo dia num atentado contra o Tribunal Constitucional.