Desenvolvimento econômico

Banco Mundial: Brasil é recordista latino-americano de reformas no ambiente de negócios
BR

País subiu 16 posições no relatório Doing Business, que monitora avanços a cada ano. País lusófono mais bem colocado no Doing Business foi Portugal, em 34º lugar.

Agências da ONU pedem expansão de proteção social para 4 bilhões de pessoas

Governos devem promover diálogo para aumentar cobertura das pensões públicas, cuidados de saúde, abonos de família, subsídios de desemprego e maternidade; apenas 45% da população global tem acesso à proteção social.

Conflito e seca prolongados afetam agricultura na Síria

Três milhões de pessoas dependem de assistência do Programa Mundial da Alimentação, PMA, no país; chefe da agência diz que guerra provocou “desastre” no setor agrícola que piora com a seca.

Timor-Leste: ONU apoia projetos para aumentar resiliência às alterações climáticas

Contrução de várias infraestruturas beneficia várias zonas rurais; 20 projetos resilientes ao clima foram implementados;  envolvimento das comunidades tem sido prioritário.

Novo guia da ONU quer apoiar pesquisas sobre impacto da corrupção nos países
BR

Agências alertam que dados reportados não correspondem à situação real do crime; Unodc e Pnud são autores do Manual sobre Pesquisas sobre Corrupção apresentado na Dinamarca.

Em Genebra, presidente da Assembleia Geral defende criação de empregos
BR

María Fernanda Espinosa lembra que mundo precisa gerar 600 milhões de novos postos de trabalho até 2030 para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável; representante falou ao Fórum de Investimento Global, em Genebra, em sua primeira visita oficial desde que assumiu o posto.

FAO acredita que é possível erradicar a fome até 2030

Em entrevista à ONU News, representante da agência em Nova Iorque explica estratégia; compromisso político deve ser reafirmado para acabar com conflitos; migrações devem ser reguladas para evitar retrocessos na eliminação da fome.

Moçambique: Governo e Nações Unidas citam avanços no combate à fome e insegurança alimentar

O país reduziu em 32% o nível insegurança alimentar e o número de pessoas com fome nos últimos 10 anos; percentagem das crianças desnutridas caiu7%; Moçambique perde anualmente US$ 1,6 bilhões devido a desnutrição crónica.

Banco Mundial: metade da população global vive com menos de US$ 5,50 por dia
BR

No Dia Mundial para Erradicação da Pobreza, instituição também chamou a atenção para o aumento do número de pobres na África Subsaariana.*

Parceria da ONU com Cplp é fundamental para Timor-Leste, diz coordenador residente

País deve apostar em novos setores económicos para combater esgotamento de reservas de petróleo e gás; Pnud amplia  apoio para a  melhoria da educação e saúde; cooperação também envolve apoio a infraestrutura para garantir  maior  resiliência do país.