Desenvolvimento econômico

OIT: novo coronavírus pode causar perda de 25 milhões de postos de trabalho
BR

Este é o pior cenário projetado pela agência da ONU; na melhor das hipóteses, pelo menos 5,3 milhões de empregos desapareceriam por causa da pandemia; Organização Internacional do Trabalho diz que frente unida em todo o mundo pode aliviar perdas. 

Mundo precisa de coordenação estreita para aliviar impacto do covid-19 sobre economia, diz FMI
BR

Kristalina Georgieva publicou blog com passos práticos para governos e autoridades fiscais; segundo ela, as economias vão precisar de estímulo e de manter a confiança no consumo para aliviar os efeitos do novo coronavírus; Unctad estima que mundo perderá US$ 1 trilhão por causa da doença.

Novo coronavírus deve causar perdas de US$ 1 trilhão à economia mundial em 2020
BR

Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, revela que crescimento deve ser menor que 2% esse ano; até essa terça-feira, tinham sido confirmados 113,851 casos e 4,015 mortes em 110 países.

ONU em Cabo Verde quer ajudar a gerar centenas de empregos em 2020
BR

Cooperação no quinquênio que termina em 2022 envolve US$ 96 milhões; parceria destaca ação climática e impulso ao setor de desenvolvimento do país lusófono que foi destacado como modelo de transparência”.*

OIT prevê aumento do desemprego nos países de América Latina e Caribe em 2020
BR

Mercados de trabalho da região atravessam momento de incerteza; taxa de desemprego média regional estimada para 2019 é de 8,1%, praticamente estável frente aos 8% de 2018; nível de desemprego entre os jovens é o mais alto em dez anos; Brasil teve queda na taxa de desemprego.

Desigualdade sobe para mais de 70% da população global, mas pode ser combatida
BR

Novo relatório da ONU alerta para risco crescente de divisões; mudança climática, novas tecnologias, urbanização e migração são grandes tendências; secretário-geral pede que mudanças sejam usadas para criar mundo mais igualitário e sustentável.

Crescimento econômico acelera em 2020, mas incertezas e disputas comerciais preocupam
BR

Em cerca de 20% dos países, renda per capita deverá estagnar ou diminuir; nações de língua portuguesa estão em fase de recuperação; especialista em assuntos econômicos explicou à ONU News principais conclusões de novo relatório.

Banco Mundial: economia global crescerá 2,5% em retomada modesta este ano
BR

Brasil e Angola aparecem na previsão global com perspectivas de crescimento de 2% e 1,5%, respectivamente; documento cita “confiança mais forte dos investidores, mudanças das condições de empréstimos e legislações trabalhistas mais flexíveis” como ambiente propício ao crescimento.

FMI diz que taxação de contribuintes mais ricos pode ajudar contra desigualdade
BR

Kristalina Georgieva defende novas políticas para combater desequilíbrio de renda; artigo destaca formas de tributação e gastos com uma dimensão de gênero.

América Latina e Caribe: período de 2014-2020 será o de menor crescimento em 70 anos
BR

Novo relatório diz que os motivos são redução da demanda interna, baixa procura externa e fragilidade dos mercados financeiros internacionais; para Brasil, projeção de crescimento é de 1% este ano e de 1,7% em 2020.