Clima e Meio Ambiente

Pnuma lembra importância de mitigar efeitos das catástrofes naturais

Agência da ONU destaca importância de Manual da Consciencialização e Preparação para Emergências a Nível Local; entre 1998 e 2017, países perderam US$ 2,245 bilhões em desastres relacionados com o clima.

Após ciclone, Nações Unidas ajudam a reforçar capacidade de aviso às populações de Moçambique

ONU News falou com representante da Organização Meteorológica Mundial; agência reconhece melhorias na deteção de catástrofes climatéricas, mas alerta para falta de resiliência das infraestruturas; acompanhe aqui a cobertura especial 

ONU: “Aprenda a amar as florestas” é lema para incentivar educação
BR

Tema do Dia Internacional das Florestas de 2019 foca na educação; florestas cobrem um terço da massa terrestre do planeta, desempenhando funções vitais e apoiando subsistência de 1,6 bilhão de pessoas.

ONU aprova US$ 20 milhões para ajudar vítimas do ciclone em Moçambique
BR

Cheias do ciclone Idai causaram pelo menos 202 mortes e 17 mil deslocados;  número de vítimas deve aumentar com mais chuvas previstas para várias províncias moçambicanas; UE anunciou um apoio de €3,5 milhões para os três países afetados.

ESPECIAL: Reverter danos causados pelos seres humanos na natureza é “para ontem”, diz ator Mateus Solano
BR

Defensor da campanha Mares Limpos do Programa da ONU para o Meio Ambiente ilustra seriedade do tema; iniciativa do Pnuma é apoiada por 60 países; iniciativa é uma das mais bem-sucedidas da história da agência; em evento das Nações Unidas, 200 países prometeram reduzir uso de plásticos até 2030.

Nações Unidas expressam solidariedade às vítimas do ciclone Idai em Moçambique
BR

Secretário-geral disse que organização está pronta para apoiar resposta humanitária com o governo; 20 toneladas de biscoitos altamente energéticos chegam ao país este sábado; presidente da Assembleia Geral lamenta perdas na cidade da Beira.

Danos ao planeta representam um risco crescente para a saúde, alerta o Pnuma

Novo relatório do Pnuma recomenda que se mantenham normas de proteção ambiental para evitar milhões de mortes prematuras até 2050;  impacto de substâncias poluentes  ameaça fertilidade humana e desenvolvimento infantil.

Sem mudanças significativas, mais da metade das espécies marinhas podem ser extintas até 2100
BR

Programa da ONU para o Meio Ambiente diz que uma catástrofe ecológica e financeira está se desenvolvendo lentamente; pesca fornece empregos para 260 milhões de pessoas, quase metade delas mulheres.

Em dia mundial, ONU afirma que vida marinha e costeira suporta indústria de 5% do PIB global.

A 3 de março, marca-se o Dia Mundial da Vida Selvagem; secretário-geral destacou várias ameaças a estes recursos, mas lembrou que “a boa notícia é que as soluções estão disponíveis.”

Pnuma: Brasil possui entre 15% e 20% da diversidade biológica mundial
BR

País tem mais de 120 mil espécies de invertebrados, cerca de 9 mil vertebrados e mais de 4 mil espécies de plantas; agência da ONU apoia iniciativa que promove ciência, políticas públicas e tomada de decisões para conservação ambiental e uso sustentável de recursos naturais.