Oriente Médio

Enviado diz ao Conselho de Segurança que Iêmen é "história de oportunidades perdidas” 
BR

Martin Griffiths lembrou que partes em conflito no país árabe ainda não resolveram diferenças para acabar com a pior crise humanitária do mundo; com mais de 60 mortos, maio foi o mês mais sangrento em 2021.