Ásia e Pacífico

Ex-líder do Khmer Vermelho em 1ª. audiência do julgamento
BR

Kaing Guek Eav, conhecido como Duch, ouviu a apresentação da promotoria que o acusa de crimes contra a humanidade quando ele chefiava uma prisão na capital do Camboja.

Polícia do Timor volta a controlar mais áreas no país
BR

Anúncio foi feito na sexta-feira pela Missão da ONU, Unmit; onda de violência em 2006 obrigou militares das Nações Unidas a assumir comando interino da segurança na ex-colônia portuguesa.

Banco Mundial disponibiliza US$ 500 milhões ao Paquistão (Português para o Brasil)

Segundo órgão quantia, equivalente a mais de R$ 1,1 bilhão, servirá para estabilizar economia do país.

Acordo entre FAO e China vai beneficiar África

Acordo prevê o envio de peritos chineses para formação e assistência técnica nos países em desenvolvimento e marca a entrada de Beijing na comunidade de doadores da agência das Nações Unidas.

ONU apela a eleições credíveis no Afeganistão

Conselho de Segurança renovou o mandato da Unama até Março de 2010 e reiterou papel imparcial e central da organização na promoção da paz e estabilidade no Afeganistão.

Saúde reprodutiva inspira radionovela no Timor
BR

A série de 24 capítulos, Domin Família, conta a história de um amor proibido, planejamento familiar e maternidade com segurança; o projeto é apoiado pela Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa.

Banco Mundial prevê redução de 1% no PIB da China

Segundo órgão, a queda na procura de produtos chineses no exterior seria uma das causas; mas economia mantem uma boa actuação apesar da crise.

Banco Mundial revê para baixo crescimento da China (Português para o Brasil)

Segundo órgão, desempenho do Produto Interno Bruto, PIB, do país asiático deverá cair de 7,5% para 6,5%, mas economia continua com boa performance apesar da crise global.

Ban preocupado com situação em Madagáscar
BR

Secretário-Geral emitiu nota após anúncio de renúncia do presidente Marc Ravalomanana; segundo agências de notícias ele teria deixado o cargo após tropas do Exército ocuparem palácio presidencial.

Relator quer análise sobre prisão de Prêmio Nobel
BR

Líder da oposição, Aung San Suu Kyi, completará seis anos em prisão domiciliar em maio; um ano a mais do que o permitido pela legislação.