África

Angola: sem o trabalho das mulheres, o mundo não poderá vencer a pandemia
BR

Ex-ministra da Economia e atual primeira-dama do país, Ana Dias Lourenço,  afirma que perdas socioeconômicas são maiores para as mulheres, geralmente responsáveis por cuidar da família e dos doentes; ex-integrante do Painel sobre Igualdade de Gênero na ONU aposta na parceria com homens.

OIM em Moçambique fala dos desafios da ajuda humanitária aos afetados pelo ciclone Eloíse

A Organização Internacional para as Migrações, OIM, em colaboração com Governo de Moçambique, outras entidades das Nações Unidas e parceiros oferece resposta humanitária aos afetados pelo ciclone Eloíse no centro do país. A líder do grupo de saúde da OIM na Beira, Angélica Sitoe, revelou por que a situação de saúde merece primazia nas ações de auxilio.

Moçambique: OIM chama a atenção para doentes crônicos afetados pelo ciclone
BR

Província central de Sofala tem 360 mil pessoas precisando de apoio humanitário; recente tempestade causou sete mortes e deixou 15 feridos; falta de instalações de higiene pessoal aumenta preocupação em relação à transmissão da Covid-19. 

Representante do Unfpa em Moçambique fala da proteção aos afetados pelo ciclone Eloíse

O Fundo das Nações Unidas para a População, Unfpa, uniu-se aos esforços liderados pelo Governo de Moçambique para avaliar os danos causados pelo ciclone Eloise na área central do país. A representante da agência em Moçambique, Andrea Wojnar, disse à ONU News em Maputo que as mulheres não param de dar à luz e os riscos de violência baseada no gênero aumentam durante situações de emergência como conflitos e desastres.

Moçambique: Unfpa atua para que ninguém seja esquecido entre afetados pelo ciclone  
BR

Há mais de 78 mil mulheres e raparigas afetadas pelo recente temporal; 63 mil são mulheres em idade reprodutiva e 15 mil adolescentes entre 10 e 14 anos; a agência da ONU quer urgência para evitar mortes maternas e gravidez indesejada. 

ONU apoia Moçambique na resposta a ciclone Eloíse
BR

Neste Destaque ONU News, saiba como as agências da ONU estão ajudando o país de língua portuguesa depois do ciclone Eloíse, que atingiu o território no último fim-de-semana; pelo menos 250 mil pessoas foram afetadas e 18 mil deslocadas; coordenadora residente da ONU no país pede mais investimentos em resiliência climática.

ONU diz que novo ciclone em Moçambique afetou 250 mil pessoas
BR

Eloíse atingiu o país no fim de semana na região central da Beira, que enfrentou a tempestade tropical Chalene há menos de um mês; mais de 18 mil estão deslocados agravando a crise na região que já sofre com violência e confrontos além da pandemia.

ONU destina US$ 1,5 milhão para combater invasão de gafanhotos do deserto
BR

Escritório de Assistência Humanitária, Ocha, liberou quantia para a resposta da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, FAO, no Quênia; ações no leste da África e no Iêmen evitaram perdas de 2,7 milhões de toneladas de cereais no ano passado.

Tempestade Chalane encerra um ano bastante duro para Moçambique, diz ONU 
BR

Chefe do Sistema das Nações Unidas, Myrta Kaulard, fala do cenário no centro do país, afetado pela tempestade tropical; área foi a mesma atingida pelo ciclone Idai que matou centenas de pessoas. 

Entrevista: Chefe da ONU em Moçambique fala sobre passagem de nova tempestade
BR

Neste Destaque ONU News, a coordenadora residente da ONU em Moçambique, Myrta Kaulard, explica como a organização está ajudando as autoridades nacionais na resposta; para a chefe do Sistema das Nações Unidas no país, o momento é de mobilização humanitária tendo em vista milhões de afetados.