África

Guterres condena ataques ao complexo da ONU em Mogadíscio, Somália

Ataque pode constituir "uma violação do direito internacional humanitário"; três pessoas ficaram feridas; Guterres instou autoridades somalis a investigar ataques.