África

Promessas de doadores para reconstruir Moçambique serão conhecidas este sábado

Presidente da Assembleia Geral pede “ação concreta de apoio”; representante do Unicef diz que reposta de financiamento tem sido muito baixa; especialista da OMM afirma que ciclones serão mais frequentes; Programa Mundial de Alimentos prevê que necessidades humanitárias continuem muito altas. 

Moçambique junta 700 parceiros para obter fundos para reconstrução após ciclones

Coordenador Humanitário das Nações Unidas no país reafirma apoio para fase de reconstrução e recuperação; vítimas nas áreas afetadas pelos Ciclones Idai e Kenneth chegam a 1,85 milhões de pessoas.*

Moçambique acolhe conferência internacional de doadores para reconstrução após ciclones

Evento decorre sexta-feira e sábado na cidade da Beira, uma das áreas mais atingidas; estimativas apontam para cerca de 1,85 milhão de pessoas afetadas; país precisa de US$ 3,2 mil milhões.

ESPECIAL: As mulheres que “mantêm o diálogo vivo” na Guiné-Bissau

Conheça os rostos que impulsionam a participação feminina na vida política do país lusófono; as guineenses que mediaram debates, fundaram associações e criaram leis durante a crise dos últimos quatro anos são o destaque na última parte da série especial sobre a Guiné-Bissau.

Seca afeta 2,3 milhões de pessoas no sul de Angola
BR

ONU disponibiliza US$ 6,4 milhões para ajuda humanitária; impacto severo da seca na região tem agravado os meios de subsistência da população.

Guterres destaca “energia e otimismo dos jovens” em Dia da África

Secretário-geral disse que houve “um salto quântico na cooperação” entre Nações Unidas e União Africana; tema desse ano é refugiados, retornados e deslocados internos.

ONU quer fim imediato da violência após morte de 54 centro-africanos
BR

Secretário-geral quer que autores sejam rapidamente levados à justiça; ataques a aldeias da República Centro-Africana foram atribuídos ao grupo armado 3Rs;   Unicef descreve condições “extremamente perigosas no terreno” para as crianças.

Embaixadora de Angola comenta a situação dos refugiados na África

A embaixadora de Angola junto às Nações Unidas, defende o apoio ao acolhimento de refugiados africanos pelo mundo. Maria de Jesus Ferreira participou da Série de Diálogos sobre África na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. A representante cita exemplos de Moçambique e Namíbia para defender a inclusão de deslocados. Angola acolhe 70 mil refugiados e candidatos a asilo.

Enviado da ONU elogia persistência de Angola na promoção da paz nos Grandes Lagos

Huang Xia esteve dois dias no país, onde se encontrou com o presidente, o ministro das Relações Exteriores e a equipa da ONU; coordenador residente diz que relação com a República Democrática do Congo foi um dos temas na agenda. 

Ebola: ONU anuncia novas medidas para conter surto que já matou 1,2 mil
BR

Centros de decisão e resposta instalados na ára congolesa de Butembo, em Kivu do Norte; reforço de ações inclui rápida identificação e tratamento; expansão da vacinação e mais atividades para acabar com a transmissão do vírus na RD Congo.