África

Escalada da violência no Sudão preocupa especialistas da ONU
BR

Segundo agências de notícias, pelo menos 19 pessoas morreram em protestos que acontecem em diferentes partes do país; sudaneses reclamam da subida de preços dos alimentos e combustíveis.

Sudão do Sul aumenta nível de alerta devido a três casos suspeitos de ebola
BR

Nível de risco da Organização Mundial da Saúde aumentou de “alto para muito alto” no mais novo país do mundo; doença continua a representar uma grande ameaça para a saúde pública nos níveis nacional e regional na RD Congo.

Conselho de Segurança apela à continuação de diálogo e transparência na RD Congo
BR

Eleições que deveriam ocorrer esse domingo foram adiadas para 30 de dezembro; em comunicado membros do Conselho “manifestaram esperança de que o atraso permita criação de condições favoráveis para que o povo congolês se expresse livremente" na nova data.

ONU condena ataques a bomba que mataram dezenas na Somália
BR

Segundo relatos,  duas explosões aconteceram no sábado na capital Mogadíscio; para representante especial do secretário-geral no país, atos são “outro ataque covarde contra o povo da Somália e seu direito inerente de viver em paz e dignidade”. 

Conselho de Segurança adota resolução sobre processo de paz no Iémen

Estados-membros do órgão votaram a favor do documento que  autoriza  nomeação de observadores; ONU reitera que é preciso garantir fornecimentos comerciais e humanitários para todo o país.

Promotora do TPI preocupada com “crescentes tensões” antes da votação na RD Congo
BR

Fatou Bensouda alerta sobre risco de escalada da violência que pode levar à prática de crimes graves; Escritório de Direitos Humanos defende que insegurança pode minar direitos políticos da população no contexto eleitoral.

Cerca de 6,6 mil africanos morreram desde 2013, diz OIM

Muitas das mortes registadas estão concentradas nas rotas usadas por traficantes de seres humanos; 16% dos migrantes testemunharam morte de companheiro de viagem; causas incluem fome, desidratação e abuso físico.

Falta de fundos pode interromper transporte de ajuda na República Centro-Africana

Crise no serviço aéreo da ONU ocorre quando metade da população precisa de ajuda humanitária; mais de 2 mil trabalhadores do setor foram transportados pelos aparelhos aéreos administrados pelo Programa Mundial de Alimentação.

ONU apela ao reforço de financiamento de ajuda humanitária na Líbia

Secretária-geral assistente para os Assuntos Humanitários terminou esta quinta-feira uma visita ao país; ONU estima que 823 mil necessitam de ajuda humanitária no país onde são precisos US$ 200 milhões. 

São Tomé e Príncipe destacado como “exemplo a seguir” em sessão do Conselho de Segurança

Reunião serviu para apresentar conclusões de um relatório do secretário-geral sobre a África Central; representante especial para a região também mencionou “esforços sem descanso” para a paz feitos pelos são-tomenses.