Últimas notícias

Destaque ONU News - 22 de dezembro de 2017

O #DestaqueONUNews desta sexta-feira é apresentado por Monica Grayley e começa com o mais recente discurso do secretário-geral, António Guterres, no Conselho de Segurança sobre as maiores ameaças à paz e à segurança internacionais.

Missão da ONU saúda acordo para fim das hostilidades no Sudão do Sul

Entendimento foi assinado esta sexta-feira em Adis Abeba após uma semana de encontros do Fórum de Revitalização de Alto Nível; Unmiss quer adesão de todas as partes ao entendimento para acabar com a violência.

Crianças rohingya sofrendo de desnutrição aguda e anemia
BR

Unicef fez pesquisa com menores que fugiram de Mianmar e agora estão em Bangladesh; levantamento mostra que metade das crianças estão anêmicas, 60% tem problemas respiratórios e até 40% sofre de diarreia.

Novo centro de dados humanitários vai gerar intercâmbio global em tempo real
BR

Chefe da ONU, António Guterres, participa de lançamento de Centro, em Haia, na Holanda; secretário-geral destacou que tecnologias podem ser aproveitadas para ajudar e apoiar pessoas vulneráveis no mundo.

Vídeo: Retrospectiva 2017

Relembre e reveja os principais fatos que marcaram a comunidade internacional neste ano, sob a ótica da ONU.

Conselheiro especial espera consensos em Astana para envio de ajuda aos sírios

ONU quer que diálogo priorize apoio a milhares de pessoas em áreas sitiadas; expectativa é que encontros impulsionem ação humanitária no país que entra no sétimo ano do conflito.

ONU cria força-tarefa para tratar casos de assédio sexual na organização
BR

Decisão do secretário-geral António Guterres vai de acordo com a política de tolerância zero para esse tipo de comportamento; grupo irá verificar como estão sendo investigadas as alegações e que tipo de proteção as vítimas recebem.

ONU fecha com êxito primeiro local de proteção de civis no Sudão do Sul

Milhares de deslocados retornaram voluntariamente às suas casas; centenas de famílias viviam na base de Melut desde o início da guerra civil há quatro anos; Ocha saúda libertação de quatro funcionários humanitários no país africano.

FMI quer adoção de leis simplificadas para impulsionar inovação em África