Últimas notícias

De refugiada angolana para o mundo: “Tudo é possível. Há pessoas que estão a tentar ajudar”

Jemima Nsenga, de 18 anos, canta em grupo coral que celebrou a adoção do Pacto Global sobre Refugiados; ela foi recolocada nos Estados Unidos pelo Acnur; mais de 3 milhões de refugiados vivem em território norte-americano.

Assembleia Geral: Pacto Global para a Migração aprovado com 152 votos a favor

Cinco países votaram contra o documento; Guterres elogiou aprovação do Pacto que visa regular movimentos migratórios; presidente da Assembleia Geral considera que acordo constitui “oportunidade histórica” para cooperação.

ONU confirma quatro túneis a sul da separação entre Líbano e Israel
BR

Unifil investiga informações na sequência da Operação "Escudo do Norte" que pretendia descobrir e neutralizar túneis suspeitos de cruzar a chamada Linha Azul.

Primeiro grupo de refugiados da Síria e do Sudão do Sul chegou a Portugal

País vai receber mais de mil pessoas até outubro de 2019; programa de reinstalação é o mais ambicioso realizado em Portugal; municípios e ONG’s também participam neste programa.

560 mil pessoas entraram em países da Ocde com autorizações não humanitárias

Pesquisa analisa número de chegadas dos principais pontos de origem através de autorizações familiares, de trabalho e de estudo em oito anos; Acnur considera que esse tipo de entrada facilita acesso seguro e legal de refugiados.

Brasil: ônibus híbrido movido a hidrogênio e eletricidade é referência em sustentabilidade
BR

Laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro usa hidrogênio como fonte limpa de energia; queima de combustíveis fósseis é uma das principais causas por trás do aquecimento global. *

Acnur elogia liderança de cidades no Diálogo sobre Desafios de Proteção
BR

Encontro que acontece em Genebra reúne líderes municipais, de empresas sociais e grupos de cidadãos; centros urbanos acolhem cerca de 60% dos 25,4 milhões de refugiados do mundo.

Cerca de 6,6 mil africanos morreram desde 2013, diz OIM

Muitas das mortes registadas estão concentradas nas rotas usadas por traficantes de seres humanos; 16% dos migrantes testemunharam morte de companheiro de viagem; causas incluem fome, desidratação e abuso físico.

Na ONU, brasileira Joênia Wapichana recebe o Prêmio de Direitos Humanos 2018
BR

Primeira advogada indígena do Brasil foi premiada ao lado da ativista dos direitos das meninas na Tanzânia Rebecca Guymi, da advogada de direitos humanos no Paquistão Asma Jahangit e da fundação Front Line Defenders da Irlanda.

Enviado da ONU: “estamos longe de um acordo de paz israelo-palestiniano”

Relatório menciona recente violência e crescentes tensões na Cisjordânia como razões para clima de ódio e medo; Nikolay Mladenov alertou para a retórica de provocação constante entre as partes; representante fala em ausência de esforços coletivos.”