16 outubro 2019

Cerca de 14% dos alimentos do mundo são perdidos após a colheita e antes de chegarem aos consumidores; situação ocorre inclusive durante atividades em campos agrícolas, armazenamento e transporte.

Falando à ONU News de Roma, na Itália, a economista da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, FAO, Sara Vaz, explicou que o relatório oferece uma nova metodologia para medir cuidadosamente as perdas de alimentos.

Ela acredita que todos, desde os governos, setores privados e consumidores precisam se unir para lidar com a questão do desperdício e que os dados apresentados podem ajudar a “ultrapassar a barreira da informação”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud