17 setembro 2019

Em entrevista à ONU News, a bióloga Adjany Costa explica a importância do prémio do Programa da ONU para o Meio Ambiente; distinção é entregue em Nova Iorque a 26 de setembro.

A bióloga e pesquisadora angolana Adjany Costa é uma das vencedoras do prémio Jovens Campeões da Terra, atribuído pelas Nações Unidas a ambientalistas entre os 18 e os 30 anos de idade.

Em entrevista à ONU News, de Oxford, no Reino Unido, a jovem de 29 anos diz que a distinção ajuda a destacar os esforços de conservação em Angola e é importante para continuar a realizar o seu projeto.

A jovem trabalha com a comunidade Luchaze nas terras altas do leste angolano. Estas comunidades estão ameaçadas por práticas insustentáveis que ameaçam sua subsistência, depois de quase três décadas de guerra civil.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud