Síria: Al Hol pode “criar novos terroristas” se não for dada atenção às crianças BR

Presidente da Comissão Internacional de Inquérito sobre a Síria, Paulo Sérgio Pinheiro

A situação humanitária no campo é muito ruim e não se está considerando o respeito aos direitos das crianças

Paulo Sérgio Pinheiro , presidente da Comissão Internacional Independente de Inquérito sobre a Síria

Foto: ONU/Jean-Marc Ferré
Presidente da Comissão Internacional de Inquérito sobre a Síria, Paulo Sérgio Pinheiro

Síria: Al Hol pode “criar novos terroristas” se não for dada atenção às crianças

Direitos humanos

Paulo Sérgio Pinheiro é presidente da Comissão Internacional Independente de Inquérito sobre a Síria e fala à ONU News sobre a situação de milhares de crianças no acampamento de detenção de Al Hol, na província de Idlib. As pessoas retidas no local viveram em áreas controladas pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

Soundcloud

Paulo Sérgio Pinheiro destaca que são “péssimas” as condições enfrentadas pelos suspeitos de pertencer ao grupo terrorista, que incluem a falta de atenção psicológica e a limitações que dizem respeito à higiene, alimentação e outras.

A Comissão lançou um relatório em Genebra abordando a situação em Al Hol onde as pessoas vivem em condições “deploráveis e desumanas”. A maioria delas são mulheres e crianças com menos de 12 anos. 

Pinheiro destaca a necessidade de especialistas da comissão terem acesso à Síria quando se caminha para o nono ano do conflito. Os níveis de violência têm piorado na área e o maior impacto é sobre os civis.

 O relatório de 21 páginas destaca ainda que subiu o número de deslocados para 13 milhões devido aos confrontos.

Acampamento de Al Hol, na Síria, abriga atualmente mais de 70 mil pessoas que enfrentam condições de vida precárias.
Unicef/Delil Soleiman
Acampamento de Al Hol, na Síria, abriga atualmente mais de 70 mil pessoas que enfrentam condições de vida precárias.