22 maio 2019

Em entrevista à ONU News, o secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu apoio internacional mais forte e continuação da liderança africana durante a Série de Diálogos sobre África. Este ano, o tema é “refugiados, retornados e pessoas deslocadas internas: rumo a soluções duradouras para o deslocamento forçado em África”. 

As Nações Unidas iniciaram na terça-feira a Série de Diálogos sobre África. Em 2019, o lema do evento anual é “refugiados, retornados e pessoas deslocadas internas: rumo a soluções duradouras para o deslocamento forçado em África”. O secretário-geral, António Guterres, pediu que nos próximos dias sejam desenvolvidas as melhores práticas, buscadas soluções de curto e longo prazo e criadas novas e inovadoras parcerias em relação a esses temas.

“Quando falamos de desenvolvimento sustentável, África é minha primeira prioridade. Mas África também é uma enorme lição para todos nós. Fui alto comissários das Nações Unidas para os Refugiados, e sempre vi em África, para as pessoas obrigadas a fugir, conflitos ou perseguição, as fronteiras abertas, as portas abertas, os corações abertos, numa lição admirável para todo o mundo, onde infelizmente, tantas fronteiras estão hoje fechadas. É importante que todos ajudemos África a vencer os obstáculos que ainda hoje levam a que tanta gente seja obrigada a fugir. É preciso estar fortemente nos objetivos da União Africana, que querem silenciar as armas em 2020.”

O evento deste ano é realizado próximo das celebrações dos 50 anos da Convenção sobre os Refugiados da União Africana e uma década da Convenção de Kampala sobre Deslocados Internos, o primeiro tratado regional sobre o tema.

 

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud