28 fevereiro 2019

Diretor-geral da Organização Internacional para Migrações explica  como o diálogo serve para olhar para as migrações na perspectiva dos jovens; António Vitorino participou em evento sobre migrações e jovens na sede da ONU, em Nova Iorque. 

Em entrevista exclusiva à ONU News, o diretor-geral da Organização Internacional para Migrações, OIM, explicou a "relação umbilical"  das migrações com a juventude, tanto na perspetiva dos países de origem, como  na perspetiva dos países de acolhimento. Para o chefe da OIM, só  mobilizando a juventude dos países de destino se conseguirá  garantir sociedades tolerantes, abertas, plurais, onde há diálogo.

O diretor-geral da OIM abordou ainda a importância dos jovens na tomada de decisão no futuro em relação a questões da migração.

Assista à entrevista na íntegra aqui:  

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Mais de 3,4 milhões de venezuelanos já deixaram o país

Colômbia é o maior anfitrião com 1,1 milhão de migrantes e refugiados da Venezuela; Brasil é o sexto país que mais recebe estes migrantes; em 2018, houve 74% do total dos pedidos de asilo apresentados por venezuelanos nos últimos cinco anos.

António Vitorino inicia mandato como diretor geral da Organização Internacional para a Migração

Em mensagem, Vitorino destaca novo papel da OIM no sistema da ONU; implementação do Pacto Global e maior coordenação com agências é prioritário; trabalho vai centrar-se em soluções adaptadas à realidade dos Estados-membros.