25 outubro 2018

Joênia Wapichana é ativista pelos direitos de comunidades indígenas no Brasil; no dia em que celebrava vitória de eleição como primeira deputada federal com sua comunidade na Amazônia recebeu notícia da conquista do Prêmio de Direitos Humanos da ONU 2018. 

 

 

As Nações Unidas anunciaram os vencedores de 2018 dos Prêmio da ONU de Direitos Humanos.

Entre eles está a brasileira Joênia Batista de Carvalho, conhecida por Joênia Wapichana.  Falando com a ONU News de Boa Vista, em Roraima, Joênia disse que acredita que o prêmio dará mais visibilidade aos povos indígenas.

A defensora de direitos humanos de comunidades indígenas foi a primeira mulher indígena a se tornar advogada no país. Este ano, ela também foi eleita a primeira mulher indígena eleita deputada federal.  

Leia mais: https://bit.ly/2PqPnba

 

 

 

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud