4 junho 2018

Médico Adalberto Campos Fernandes afirma que falta de exercícios físicos tem causado perda de longevidade e qualidade de vida; OMS lançou em Lisboa, Plano de Ação Global para o Exercício Físico.

Em todo o mundo, uma em cada cinco adultos e 80% dos adolescentes não se exercitam de forma suficiente para garantir uma vida saudável. A constatação é da Organização Mundial da Saúde, OMS.

Para combater o sedentarismo e o perigo de doenças crônicas, a agência da ONU  lançou, nesta segunda-feira, em Lisboa, o Plano de Ação Global para o Exercício Físico.

O ministro da Saúde de Portugal, Adalberto Campos Fernandes, falou à ONU News, de Lisboa, que esta deve ser uma preocupação de todos os países e de todas as pessoas. Segundo ele, uma parceria de governos e cidadãos pode ajudar a derrotar o desafio à saúde.