Leo Heller, relator especial sobre o direito à água e ao saneamento

Menino bebe água de um bidão.

Há muito por ser feito por parte do governo. O governo poderia minorar o problema que ocorre. É obrigação do governo também atender às pessoas que não são cidadãs do seu país mas que estão vivendo no território do seu país. É necessário haver maior esforço.

Leo Heller , Relator especial sobre o direito à água e ao saneamento

© Unicef/NYHQ2014-1125/Khabieh
Menino bebe água de um bidão.

Leo Heller, relator especial sobre o direito à água e ao saneamento

Migrantes e refugiados

A França tem várias centenas de migrantes que precisam de serviços de água e saneamento. Em áreas da costa norte do país há pessoas que vivem em tendas, sem banheiros e banham-se em rios ou lagos poluídos.

O relator especial sobre o direito à água e ao saneamento diz que é preciso muito mais atenção das autoridades locais e nacionais sobre este tema .

Leo Heller foi entrevistado por Eleutério Guevane, da ONU News.