Do desespero à esperança: crianças além do conflito armado