UNGA76

76ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas
Cobertura Especial da ONU News

O formato da 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU, conhecida como UNGA 76, reflete o estado atual do mundo: um retorno gradual às reuniões presenciais, com muitas delegações ainda participando apenas online, mas também com a vontade de se voltar a alguma versão da normalidade, ainda que reconhecendo que a pandemia de Covid-19 está longe do fim. Alguns chefes de Estado estarão presentes na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, para discursarem nos debates de alto-nível, de 21 a 27 de setembro. Ainda assim, a maioria dos líderes mundiais participará do evento por vídeo. Aqui, a ONU News oferece um lugar na primeira fila de todos os acontecimentos.

Ministra dos negócios estrangeiros de Moçambique, Verónica Macamo, em encontro com o secretário-geral, António Guterres
ONU/Eskinder Debebe

“Quem perde com a desigualdade entre homens e mulheres é a sociedade”

Em entrevista à ONU News, a ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique falou sobre igualdade de gênero, entre outros temas; Verónica Macamo afirma que o país implementou ações para combater a Covid-19 ainda no começo da pandemia; em Nova Iorque, ela se encontrou com o secretário-geral da ONU.

Áudio
18'24"
Representante permanente timorense junto às Nações Unidas, Karlito Nunes, na 76a Assembleia Geral
UN Photo/Cia Pak

Timor-Leste fecha debates da Assembleia Geral pedindo igualdade nas vacinas e ação pelo clima BR

Embaixador do último país a discursar na 76ª Assembleia Geral, Karlito Nunes pediu que comunidade internacional diminua a lacuna entre países mais pobres; representante faz apelo por políticas climáticas e reforçou compromisso com nova agenda das Nações Unidas. Desde abril, o país é candidato ao Conselho de Direitos Humanos.

Áudio
3'40"