Cobertura da ONU News sobre a Covid-19
O surto foi notificado, primeiramente, em Wuhan, na China, em 31 de dezembro de 2019.

Esta seção traz informações e diretrizes sobre a Organização Mundial da Saúde e as Nações Unidas a respeito da nova cepa do coronavírus (2019-nCoV), registrada em Wuhan, em dezembro.  Acesse aqui para atualizações diárias. A OMS está atuando de perto com especialistas, governos e parceiros para levar conhecimento científico e informações ao maior número de pessoas. A agência também quer rastrear a disseminação e a virulência da Covid-19 para fornecer aconselhamento aos países e indivíduos sobre as medidas a tomar na proteção da saúde e na prevenção do vírus.

Mercado de trabalho pode sair mais forte da crise gerada pela pandemia, diz ONU
BR

Em mensagem de vídeo enviada ao Encontro de Cúpula sobre a Covid-19 e o Mundo Laboral, secretário-geral afirma que crise afetou todos os trabalhadores empresas, mas cooperação pode ajudar a construir futuro melhor e mais sustentável.

Guterres cita “luta contra o tempo” no Conselho de Segurança ao falar da Líbia 
BR

Secretário-geral lembrou Conferência Internacional de Berlim, realizada há seis meses, e o compromisso de países para resolver crise política e violência; dezenas de milhares de líbios fogem do conflito; reunião foi presidida pelo ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas.

Tráfico de medicamentos e produtos médicos falsificados sobem durante pandemia
BR

Estudo do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime mostra que grupos criminosos internacionais usam falhas criadas pela crise para obter lucro; agência diz que fraudes devem continuar mesmo após chegada de vacina; relatório lista casos de golpe em vários países incluindo Alemanha, França, Tailândia e Rússia.

Opas pede que países continuem lutando contra a malária durante pandemia de Covid-19
BR

Situação é preocupante em áreas onde residem comunidades indígenas e em cidades da região amazônica do Brasil e Peru; nas Américas, 138 milhões de pessoas vivem em áreas de risco; em 2018, cerca de 765 mil casos e cerca de 340 mortes foram relatadas.