Cobertura da ONU News sobre a Covid-19
O surto foi notificado, primeiramente, em Wuhan, na China, em 31 de dezembro de 2019.

Esta seção traz informações e diretrizes sobre a Organização Mundial da Saúde e as Nações Unidas a respeito da nova cepa do coronavírus (2019-nCoV), registrada em Wuhan, em dezembro.  Acesse aqui para atualizações diárias. A OMS está atuando de perto com especialistas, governos e parceiros para levar conhecimento científico e informações ao maior número de pessoas. A agência também quer rastrear a disseminação e a virulência da Covid-19 para fornecer aconselhamento aos países e indivíduos sobre as medidas a tomar na proteção da saúde e na prevenção do vírus.

Unesco destaca uso de televisão em São Paulo para combater desigualdades no ensino a distância
BR

Cerca de 1,5 bilhão de estudantes estão sendo afetados pelo fechamento de escolas em todo o mundo para combater pandemia; agência da ONU dá exemplos de como vários países estão respondendo a desafios como acesso desigual à internet.

Concerto com Lady Gaga e artistas arrecadou US$ 127 milhões para combater coronavírus
BR

Organização Mundial da Saúde anunciou que fundos irão para entidades que enfrentam pandemia; chefes de 15 agências da ONU pedem US$ 350 milhões para sistema de logística global contra doença.

ONU 75: pesquisa diz que 95% de entrevistados apoiam cooperação para resolver desafios globais
BR

Resultado preliminar de inquérito será seguido de dados recolhidos ao longo deste ano; participantes priorizaram proteção ambiental, direitos humanos, menos conflitos, acesso a serviços básicos e discriminação zero.

Timor-Leste entre países que vão adotar plataforma de ensino ajustada à covid-19
BR

Iniciativa oferece livros on-line, vídeos e assistência a pais de alunos com desafios para aprendizagem; parceria entre Unicef e Microsoft revela que pandemia deixou quase 1,6 bilhão de alunos fora da escola.

Cinco dicas do Unicef para a segurança das crianças na internet em tempos de pandemia
BR

Com escolas fechadas por causa da covid-19, muitos alunos passam mais tempo em chats e outras atividades online; pais devem estar atentos para perigos na rede. 

Mesmo com poucos casos, Guiné-Bissau deve seguir vigilante contra covid-19, diz OIM
BR

Com 40 notificações até 14 de abril, país de língua portuguesa é um dos menos afetados no oeste da África; agência da ONU diz que várias nações da região já iniciaram enfrentamento à pandemia.