Guterres condena ataque à igreja no Egito que matou pelo menos nove pessoas
BR

29 dezembro 2017

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, secretário-geral da ONU desejou pronta recuperação aos feridos e disse que os responsáveis pelo crime têm de ser levados à justiça.

Manuel Matola, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou o ataque na frente de uma igreja cristã copta, localizada no sul da capital do Egito, Cairo.

Segundo agências de notícias, pelo menos nove pessoas morreram quando homens armados tentaram invadir o local, mas foram parados por forças de segurança. Entre as vítimas fatais, estariam três policiais.

Pronta recuperação

A igreja cristã copta Mar Mina está localizada no distrito de Helwan.

Guterres afirmou que os responsáveis pelo atentado têm de ser levados, rapidamente, à justiça. Ele enviou condolências às famílias das vítimas e desejou uma pronta recuperação aos feridos.

O chefe da ONU também estendeu seus sentimentos ao governo e ao povo do Egito.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud