União Europeia tem urgência na implementação da Agenda 2030 na ONU
BR

19 dezembro 2017

Representante do bloco junto às Nações Unidas, em Nova Iorque, afirma que a mudança climática é grande preocupação dos europeus. João Manuel Vale de Almeida diz que é hora de implementar o Acordo de Paris e financiar medidas necessárias.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

A implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estará no topo da agenda de trabalho da União Europeia com as Nações Unidas em 2018.

De acordo com o representante do bloco europeu junto à ONU, em Nova Iorque, João Manuel Vale de Almeida, o novo ano será também de atenção a outros temas globais como as mudanças climáticas.

Acordo de Paris

“Há urgência em implementar os Objetivos de 2030. A União Europeia está totalmente empenhada neste objetivo. Eu diria que isso é uma das primeiras grandes prioridades que nós temos na nossa ação com as Nações Unidas no próximo ano. Em segundo lugar, tudo o que são os grandes desafios globais, por exemplo, as alterações climáticas”. Aí também, temos o Acordo de Paris que é muito importante, é preciso implementar.  É preciso tomar as ações, implementar ações que os permitam proteger-nos das alterações nefastas provindas das alterações climáticas.”

O embaixador, João Manuel Vale de Almeida, que lidera os trabalhos de cooperação da União Europeia, em Nova Iorque, há mais de dois anos, acompanhou a transição dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, encerrados em dezembro de 2015, para a Agenda 2030.

Medidas

Segundo ele, a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e principalmente de medidas de mitigação de mudanças climáticas precisam de financiamento e apoio técnico, especialmente nos países em desenvolvimento.

“Todos esses países e principalmente aqueles que serão mais afetados pelas alterações climáticas. Estou a pensar nos países insulares, estou a pensar nos países com menos recursos. Estou a pensar nos países com uma grande pressão demográfica no litoral e que poderão ser vítimas do aumento da elevação do nível das águas do mar. Todos esses países precisam de ajuda. Precisamos estar todos empenhados nisso. E eu espero que os Estados Unidos possam também empenhar-se totalmente nesta agenda.”

O embaixador da União Europeia afirmou que o bloco não aprovou a decisão dos Estados Unidos de deixar o Acordo de Paris, mas acredita que o governo americano possa vir a se empenhar no tema, ao lado de outros países.

Em sua entrevista à ONU News, João Manuel Vale de Almeida disse ainda que o bloco europeu aprova as propostas de reforma das Nações Unidas apresentadas pelo secretário-geral, António Guterres, porque as mesmas “fazem sentido”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud