OMS participa de resposta de emergência a atentados na Somália
BR

17 outubro 2017

Organização Mundial da Saúde está distribuindo suprimentos de sangue e medicamentos para trauma; ataque no sábado matou pelo menos 230 pessoas; secretário-geral condenou ação de forma veemente.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde está distribuindo suprimentos de sangue e medicamentos para trauma como parte da resposta de emergência ao atentado a bomba de sábado em Mogadíscio, capital da Somália.

Os suprimentos incluem itens para testes de grupo sanguíneo, medicamentos, itens de primeiros socorros e suprimentos médicos para hospitais.

Atentado

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou de forma veemente o ataque que matou pelos menos 230 pessoas e feriu outras 300 .

A OMS também está apoiando o governo somali com kits emergenciais para responder a necessidades comuns de saúde para 10 mil pessoas por três meses.

Notícias Relacionadas:

Chefe dos Assuntos Políticos elogia novo ambiente político na Somália

Somália: soldados da Missão da União Africana morrem em emboscada

ONU apoia nova etapa de vacinação contra o sarampo na Somália

Conferência sobre Somália reúne Guterres e chefes de Estado africanos

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud