Podemos atingir a paridade de género nas Nações Unidas

15 setembro 2017

Declaração é da assessora de especial de Políticas na sequência do lançamento da estratégia que faz parte do plano de reformas na organização.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Alcançar a paridade de género em todo o sistema das Nações Unidas é um dos objetivos definidos pelo secretário-geral, António Guterres, desde o início do seu mandato em janeiro passado.

Esta semana, o chefe da ONU lançou a estratégia em prol da contratação de um número equilibrado de homens e mulheres na organização em cargos seniores até 2021, e para toda as Nações unidas até 2028.

Dianteira

Falando à ONU News, a assessora de especial de Políticas do secretário-geral Ana Maria Menéndez, disse que nessa questão há muito por aprender de vários Estados-membros por parte da organização que deve estar na dianteira do processo.

Para a representante, a estratégia é importante não apenas porque a busca de qualidade é a coisa certa mas porque o sucesso do plano terá impacto na eficácia e na credibilidade das Nações Unidas.

Liderança

Até o fim deste ano, a percentagem de mulheres em níveis abaixo da liderança era de cerca de 50%, mas a mais alto nível era de 29%.

Menendez defendeu que as Nações Unidas entre vários aspetos estabelecem padrões, por isso é muito importante que sejam um exemplo de liderança e  implementem os princípios que defendem para melhor servir os povos do mundo.

A assessora disse que várias ações estão em curso para garantir a igualdade de género e alcançar a meta de paridade prevista na estratégia no prazo previsto.

Notícias relacionadas:

ONU anuncia grupo de mediadores e mais iniciativas sobre gênero

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud