Ocha acompanha saída de moradores de áreas sob controle do Isil em Mossul
BR

30 maio 2017

Quase 600 mil pessoas já deixarem a zona oeste da cidade desde o começo do ano; já em Bagdá, ONU condena ataques terroristas que mataram civis no mês sagrado do Ramadã.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

O Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, anunciou que 600 mil pessoas já deixaram o oeste de Mossul, no Iraque, desde o início das operações militares na área, há três meses e meio.

No fim de semana, o governo iraquiano pediu para as pessoas saírem das áreas ainda controladas pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, na Cidade Velha de Mossul. Muitas famílias seguem a recomendação e utilizam passagens seguras para deixar o local.

Ataque Terrorista

O Ocha acredita que 180 mil pessoas ainda estejam sitiadas na Cidade Velha. As equipes humanitárias continuam fornecendo assistência na cidade iraquiana e arredores, doando refeições, água, kits de saneamento e apoio médico.

Já na capital iraquiana, Bagdá, ataques terroristas mataram vários civis nesta segunda-feira. O secretário-geral da ONU condenou as ações nos termos mais fortes, especialmente por terem ocorrido durante o Ramadã, mês sagrado dos muçulmanos.

Explosões

Em nota, António Guterres expressa seus pêsames às famílias e reitera que as Nações Unidas continuarão ao lado do governo e do povo iraquianos na luta contra o terrorismo. O chefe da ONU espera que os autores dos ataques sejam presos e julgados.

Segundo agências de notícias, dois carros-bomba explodiram na capital do Iraque e pelo menos 26 pessoas morreram. O Isil teria reivindicado a autoria dos ataques.

Notícias Relacionadas:

ONU afirma que civis estão sendo mortos em ofensiva contra Isil

Conflitos e desastres forçaram 31 milhões a saírem de suas casas em 2016

ONU: número massivo de iraquianos deslocados pelo conflito em Mossul 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud