Guterres é aplaudido ao defender em Cimeira Africana poder para mulheres
BR

30 janeiro 2017

Secretário-geral da ONU afirmou que ao empoderar as mulheres, empodera-se também o mundo; líder da ONU também disse que é preciso explorar potencial dos jovens africanos e envolvê-los na criação de seu próprio futuro.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, discursou na manhã desta segunda-feira na 28ª. Cimeira de Chefes de Estado e Governo da União Africana.

O encontro é realizado em Adis Abeba, capital da Etiópia.

Ano da Juventude

António Guterres reiterou o apoio das Nações Unidas à Agenda 2063, de desenvolvimento africano, e defendeu uma estratégia de cooperação com a Agenda 2030, de Desenvolvimento Sustentável.

Ao discursar em inglês, francês e português, António Guterres ressaltou a importância da promoção de políticas de oportunidades para os jovens africanos.

A África designou 2017 como ano do "Aproveitamento do Dividendo Demográfico Através de Investimentos na Juventude".

“É fundamental que façamos mais para proporcionar aos jovens oportunidades e esperança. Atualmente, mais de três em cada cinco africanos têm menos de 35 anos de idade. Para tirarmos partido deste tremendo potencial precisaremos de mais investimento em educação,  em formação, em trabalho decente, e teremos também que envolver os jovens na construção do seu próprio futuro.”

Mulheres

O líder da ONU lembrou ainda que um outro grupo populacional precisa de política públicas para contribuir ainda mais com a construção do desenvolvimento e da paz sustentáveis todos os dias: as mulheres.

“Espero também poder trabalhar convosco pelo empoderamento das mulheres, para que as mulheres possam desempenhar cabalmente o seu papel no desenvolvimento e na paz sustentáveis. Tenho, ao longo da minha vida testemunhado este facto: quando empoderamos as mulheres, empoderamos o mundo. Foi por isso que fiz da paridade de género e do empoderamento das mulheres uma prioridade.”

Antes de discursar na abertura da 28ª. Cimeira da União Africana, António Guterres falou na reunião de alto nível sobre a situação humanitária na Etiópia e manteve encontros à margem da Cimeira, no domingo, com vários chefes de Estado e Governo incluindo o presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e o chefe de Estado queniano, Uhuru Kenyatta.

Leia mais:

ONU e União Africana preocupadas com violência no Sudão do Sul

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud