Entrevista: OMS e o estado de saúde de África

30 dezembro 2016

África teve epidemias como ébola e problemas humanitários em áreas de conflito em 2016, segundo a chefe do Departamento de Doenças Contagiosas no Escritório em África da Organização Mundial da Saúde, OMS.

Magda Robalo revela que quanto ao vírus zika a situação é de “vigilância armada”  que deve continuar após o vetor ter sido detetado em Cabo Verde e na Guiné-Bissau. Ela menciona ainda o impacto da doença no Brasil e na América Latina.

A representante destaca que o surto da febre-amarela em Angola trouxe lições. Entre elas está aumentar as vacinas para as pessoas e reduzir a população que não esta imunizada, além de lidar com a fragilidade dos sistemas de saúde.

Quanto à malária, Robalo revela que é preciso melhorar o financiamento e encontrar novas formas de combater a doença, que tem 90% dos casos no continente africano.

Acompanhe a primeira parte da conversa com Amatijane Candé, de Bissau .

Duração: 8'36"

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud