Enviado especial à Síria condena ataque com foguetes a civis em Alepo
BR

30 outubro 2016

Monica Grayley, da Rádio ONU.

O enviado especial da ONU à Síria afirmou que está chocado e ultrajado com o alto número de foguetes que estão sendo lançados contra áreas de moradores de Alepo.

Em nota, Staffan de Mistura disse que ofensiva ocorreu neste fim de semana por grupos armados da oposição.

Crianças

Segundo ele, há relatos fidedignos de que mais de 100 pessoas podem ter sido mortas nos ataques incluindo crianças. Centenas teriam ficado feridas por causa dos atentados deliberados.

Para Mistura, aqueles que argumentam que a ação é para acabar com o cerco ao leste da cidade devem se lembrar primeiro que nada justifica o uso desproporcional de armas.

Segundo o enviado especial da ONU, a utilização indiscriminada de armamentos em áreas de moradores pode constituir crime de guerra.

Staffan de Mistura também condenou os ataques recentes a escolas na Síria. Ele disse que civis, em ambos os lados do conflito, estão sofrendo com o que ele chamou de tentativa “fútil, mas mortal” de controlar a cidade.

Para o enviado, é hora de promover um cessar-fogo estável para a antiga cidade síria.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud