Portugal disponível para continuar a receber refugiados, diz presidente
BR

20 setembro 2016

Em entrevista à Rádio ONU, Marcelo Rebelo de Sousa comentou a tradição de seu país em abrigar migrantes e disse que a população apoia a chegada de refugiados.

Monica Grayley, da Rádio ONU.

Portugal está pronto para receber mais refugiados e cooperar com a Europa no socorro daquelas pessoas que são obrigadas a deixar suas casas por causa de conflitos, guerras e perseguição.

A declaração é do presidente do país Marcelo Rebelo de Sousa em entrevista à Rádio ONU.  Rebelo de Sousa está em Nova York para participar dos debates da Assembleia Geral.

Consenso nacional

Na segunda-feira, ele discursou na Cimeira sobre Refugiados e Migrantes no mundo e falou sobre a urgência de mais medidas para responder à crise.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, o povo português tem feito sua parte.

Abertura

“Portugal está disponível. Ainda faz uma semana e meia, chegaram mais de 100 refugiados. Vão continuando a chegar, o que significa uma abertura. Mas o mais espantoso não é a abertura, mas é a unanimidade entre a sociedade portuguesa. Da extrema direita à extrema esquerda. Todo mundo, nos parceiros econômicos e sociais, está de acordo. Eu sinto muito feliz como Presidente da República Portuguesa por esse consenso nacional.”

Declaração

As Nações Unidas afirmam que o mundo tem hoje mais de 60 milhões de refugiados e migrantes. É o maior número desde a Segunda Guerra Mundial. Conflitos e guerras são os maiores motivos da fuga das pessoas de suas próprias casas.

Após a Cimeira sobre Refugiados e Migrantes, convocada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, na segunda 19, os líderes internacionais se comprometeram a fazer mais para socorrer os refugiados.

O documento firmado pelos participantes do encontro de cúpula ficou conhecido como Declaração de Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud