Estados Unidos superam meta de reassentamento de refugiados sírios
BR

31 agosto 2016

OIM afirmou que país recebeu mais de 10 mil sírios até 29 de agosto quando terminou o ano fiscal americano; os estados que mais receberam migrantes e refugiados foram Michigan, Califórnia e Arizona.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Os Estados Unidos bateram a meta de receber 10 mil refugiados sírios até o fim do ano fiscal de 2016, que termina em 30 de setembro.

Ao contrário de um ano normal, que tem início em 1º de janeiro e vai até 31 de dezembro, o ano fiscal começa em 1º de outubro e vai até 30 de setembro do ano seguinte.

Promessa

Até 29 de agosto, o país registrou a entrada de 10.172 refugiados sírios e o número deve subir ainda mais até o final de setembro.

A iniciativa faz parte da promessa do governo Obama de aumentar a quantidade de refugiados do país árabe que estão sendo reassentados no território americano.

O processo de transferência dos refugiados contou com a Organização Internacional para Migrações, OIM, em coordenação com o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, e com apoio do Departamento de Estado americano.

Michigan e Califórnia

A maioria dos refugiados que chegaram aos Estados Unidos durante o ano fiscal de 2016 teve como ponto de partida o Centro de Apoio para Reassentamento da OIM, em Amã, na Jordânia.

Até 31 de julho, 10 estados americanos receberam quase metade de todos os refugiados que chegaram aos Estados Unidos, entre eles estão: Michigan, Califórnia, Arizona e Texas.

Além dos sírios, o governo americano espera receber aproximadamente 85 mil refugiados de todas as partes do mundo até 30 de setembro.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud