Papa Francisco se encontra com chefe da FAO para debater migrantes
BR

24 junho 2016

Em encontro com José Graziano da Silva, pontífice elogiou os esforços da agência da ONU para promover também paz e segurança alimentar, combate a mudança climática e desenvolvimento sustentável.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O papa Francisco reuniu-se na quinta-feira com o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, José Graziano da Silva, em Roma.

O chefe da agência da ONU conversou com o pontífice sobre a iniciativa “Esperança Azul”, que procura transformar as comunidades costeiras do sul do Mediterrâneo em motores de crescimento e estabilidade. O objetivo da iniciativa é, principalmente, apoiar atividades de pequenas pescas.

Europa

O papa agradeceu à FAO pela tentativa de responder à crise migratória no Mediterrâneo assim como promover laços fortes entre paz e segurança alimentar, mudança climática e desenvolvimento sustentável.

O brasileiro José Graziano da Silva lembrou que a migração é um assunto muito próximo do coração do papa. Para ele, ainda há muito a ser feito para resolver a situação atual, na qual mais de 2,5 mil pessoas podem ter morrido, somente este ano, tentanto entrar na Europa.

Graziano da Silva também conversou com o papa sobre a preocupação com o impacto do fenômeno climático El Niño sobre várias partes do mundo levando seca e cheias.  O papa deve abrigar um evento sobre o tema na América Central, na África e no Pacífico, no próximo dia 30 de junho e depois dia 6 de julho.

Graziano lembrou que as mudanças climáticas estão colocando em riso a subsistência de milhões de pequenos agricultores, que dependem  de suas plantações para sobreviver.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud