Todos têm a obrigação de contribuir para as missões de paz, diz Portugal

22 junho 2016

País enviará, pela segunda vez, um avião C-130 para apoiar os capacetes azuis da ONU no Mali; embaixador português diz à Rádio ONU que ajuda é crucial para manter paz e estabilidade na região do Sahel.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Portugal afirmou que todos os países-membros das Nações Unidas têm a obrigação de contribuir para a manutenção da paz no mundo.

De acordo com o representante do país junto às Nações Unidas, Portugal está estudando a possibilidade de aumentar sua cooperação às operações de paz. A decisão ainda não foi tomada, mas existe uma “vontade política” como explicou à Rádio ONU, o embaixador português, Álvaro Mendonça e Moura.

Mali

“Todos temos que contribuir para as missões de paz das Nações Unidas. Se nós queremos efetivamente olhar para o mundo como um mundo globalizado então todos temos que dar o nosso contributo. Tentar estabilizar, no Mali, uma zona onde temos alguns interesses. Mas não podemos dizer que são interesses portugueses diretamente que são afetados. São afetados indiretamente pela instabilidade. É mais do que isso. É a noção de que as Nações Unidas é a organização de todos os Estados-membros, de  que todos temos a obrigação de contribuir.”

Em novembro, Portugal enviará ao Mali um avião C-130 para ajudar no deslocamento das forças de paz no país africano. É a segunda vez que Portugal coopera com a aeronave na Missão da ONU no Mali, a Minusma.

O país está participando de um esforço coletivo ao lado da Bélgica, da Dinamarca, da Noruega e da Suécia, para manter a colaboração com a Minusma durante 2,5 anos consecutivos. Cada país deve contribuir seis meses com a aeronave.

Segundo o embaixador Álvaro Mendonça e Moura, 68 portugueses estarão no Mali para atuar no projeto. Eles integrarão a tripulação incluindo dois elementos sediados no quartel-general da Minusma.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud