ONU focada em ajudar Tunísia a combater o extremismo violento
BR

28 março 2016

Secretário-geral da organização está em Tunis e após encontrar-se com o presidente, ele falou sobre a preocupação com os ataques terroristas; Ban Ki-moon afirma que solução é conseguir estabilidade política na Líbia.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral das Nações Unidas está na capital da Tunísia, Tunis, e encontrou-se nesta segunda-feira com o presidente Beji Caid Essebsi. Ban Ki-moon congratulou o líder pela maior democracia no país e por seus esforços em combater as desigualdades sociais.

Ban também terá reuniões com o primeiro-ministro Habib Essid e com o presidente da Assembleia dos Representantes do Povo, Mohamed Ennaceur. As conversas serão focadas na criação de empregos, no apoio econômico e na estabilidade do país.

Extremismo

O chefe da ONU está preocupado com os ataques terroristas ocorridos na Tunísia no último ano, o mais recente em Ben Guerdane, no começo do mês. Ban Ki-moon quer saber como a comunidade internacional pode apoiar o governo a conter o extremismo violento.

Segundo ele, as Nações Unidas entendem o impacto que a situação na Líbia está tendo na Tunísia, especialmente na segurança e na economia. Ban garantiu estar trabalhando por uma solução política na Líbia, que seria a única maneira de acabar com a crise e levar estabilidade à região.

Desemprego

O chefe da ONU também ressaltou que o desemprego entre os jovens é um dos desafios mais sérios que o país enfrenta e ele quer saber que tipo de apoio a organização pode fornecer para reduzir as desigualdades e ajudar a criar postos de trabalho.

Ban Ki-moon afirmou que desde sua última visita em 2014, a Tunísia tem demonstrado o compromisso com a democracia e uma transição pacífica, servindo como um farol de esperança para a região.

Leia Mais:

Banco Mundial reafirma apoio à transição política da Tunísia

Ban visita acampamento com mais de 75 mil refugiados sírios na Jordânia

No Iraque, Ban apela à reconciliação para derrotar o Isil

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud