Parceria público-privada deve beneficiar plantio de café na Etiópia

5 maio 2015

Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, Unido, une forças com a empresa italiana de cafés Illy; objetivo é tornar a produção de café do país sustentável e assim, favorecer fazendeiros e consumidores.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, Unido, acaba de firmar uma parceria com a empresa italiana de cafés Illy, numa ação para beneficiar a produção da Etiópia.

A proposta é tornar a plantação de café do país africano mais sustentável e assim, favorecer fazendeiros e consumidores. A parceria entre a agência da ONU e a Illy foi assinada durante a Expo Milão, evento que decorre na cidade italiana.

Fonte de Renda

O acordo levará à Etiópia novas tecnologias para melhorar a qualidade e a produção nas pequenas plantações de café do país e assim, apoiar milhares de produtores e suas famílias.

Segundo a Unido, a Etiópia é considerada o “berço” do café. Atualmente, 20 milhões de etíopes dependem da produção e da venda do produto para ganhar a sua renda.

A iniciativa integra o Programa de Parcerias para a Etiópia, desenvolvido recentemente pela Unido, com o objetivo de atrair investidores do setor privado, para que apoiem o progresso etíope e ajudem o país a tornar-se uma nação de renda média até 2025.