Dois soldados da paz feridos após explosão de mina no Mali

7 abril 2015

Organização informou que uma das vítimas está grave;  explosão ocorreu durante escolta a um comboio de viaturas na cidade de Kidal; ONU reitera empenho em proteger a população civil no país africano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas anunciaram esta terça-feira que dois soldados da paz da Missão da ONU no Mali, Minusma, ficaram feridos após a explosão de uma mina.

Falando a jornalistas, em Nova Iorque, o porta-voz do secretário-geral disse que o incidente ocorreu na segunda-feira, quando as vítimas escoltavam um comboio próximo da cidade de Kidal, no norte.

Ferido Grave

Stephan Dujarric contou que o estado de um dos feridos é grave, e que ambos foram imediatamente evacuados do local.

Na nota, tanto a Minusma como o Serviço de Ação contra as Minas da ONU reiteram que continuam empenhados em prosseguir com o trabalho contra os engenhos explosivos para proteger a população civil no país africano.

A missão foi estabelecida em abril de 2013 para apoiar o processo político e assumir tarefas relacionadas com a segurança, que incluem o apoio para o restabelecimento da autoridade do Estado. O Conselho de Segurança enviou as forças cerca de um ano depois do início do conflito entre o governo e os rebeldes.

Leia Mais:

Ban recebeu relatório sobre mortes em protestos diante da missão no Mali

OMS alerta que doenças transmitidas por alimentos matam 351 mil por ano

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud