Governo da FAO e Mali unidos para recuperar a segurança alimentar

1 abril 2015

São 33 mil famílias a se beneficiarem de um novo programa de produção agrícola; anúncio foi feito pelo diretor da agência, José Graziano da Silva, que está em visita oficial ao país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O governo do Mali e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, lançaram um projeto que tem em vista recuperar o sustento das famílias afectadas pelo conflito armado e mudança climática.

Ao custo de US$ 5 milhões, o programa será realizado na região norte do país e a fase de implementação foi anunciada esta quarta-feira. O diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, está no Mali e firmou a parceria com o ministro do Desenvolvimento Rural, Bokary Treta.

Apoio

Segundo a agência da ONU, zonas agrícolas, especialmente no norte, foram severamente afectadas nos últimos anos pelo conflito civil e por impactos relacionados ao deslocamento da população, falta de apoio no sector agrícola e fragmentação dos mercados.

Na última temporada, as chuvas foram boas mas apesar disso, períodos de seca e cheias dos últimos anos aumentaram os problemas, explica a FAO. O novo projeto busca recuperar imediatamente as produções agrícolas das famílias de Goa, Mopti e Timbuktu.

Plantações e Gado

Serão 25 mil famílias beneficiadas com o dinheiro, para que possam recomeçar sua produção alimentar e de horticultura. Já 8 mil famílias de pastores receberão produtos veterinários para sua criação de gado, além de obter treinamento sobre boas práticas de nutrição.

O diretor da FAO, Graziano da Silva, declarou que “o trabalho representa uma contribuição ao processo de paz do Mali, porque sem segurança não há segurança alimentar, o que contribui ainda mais para o surgimento de conflitos”.

O objetivo da FAO é alimentar 16 milhões de malianos e assim, reduzir o número de pessoas com fome. O projeto é parte de um outro maior, de US$ 100 milhões financiado pelo Banco Mundial. A FAO está a implementar o programa agrícola a pedido do governo do país.

Leia Mais:

ONU quer mais apoio para forças de paz em reuniões com chefes da Defesa

Conflitos devem piorar emergência crónica na região do Sahel

Conselho de Segurança lamenta morte de boinas azuis em acidente no Mali

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud